O que é EPI? Entenda a importância e como usar!

Todo local de trabalho que oferece o mínimo de risco para a integridade do colaborador, precisa fazer uso do EPI

Todo local de trabalho que oferece o mínimo de risco para a integridade do colaborador, precisa fazer uso do EPI. A sigla se refere a “equipamento de proteção individual”.

 Sendo assim, ele é útil para proteger pessoas de danos físicos ou perigos que o ambiente de trabalho pode oferecer. O uso desses equipamentos é crucial como uma medida preventiva em áreas onde o perigo de acidente é maior.

 No Brasil, o número de registros feitos pelo ministério da fazenda em relação às estatísticas de acidentes de trabalho é de mais de 500 mil casos anuais.

 Se você quer saber como o EPI é importante durante a hora de trabalho, continue lendo.

 

O que é EPI?

EPI é a sigla para Equipamento de Proteção Individual. Ou seja, como o próprio termo indica, são dispositivos utilizados em diversos ambientes de trabalho, cuja finalidade é manter o indivíduo a salvo de qualquer risco inerente às suas atividades ou local de trabalho que possa afetar sua saúde ou fatores de integridade corporal.

Diversos acidentes em local de trabalho só acontecem por conta da falta ou do mau uso dos EPIs. Por isso, há regulamentos que indicam como deve ser feito o uso dos equipamentos, indicando também seu material e tamanho adequado.

Tendo essas informações, é possível fazer com que se tenha uma proteção dos trabalhadores em suas atividades.  Alguns exemplos de proteção individual são:

  • Óculos;
  • Capacetes;
  • Luvas de proteção;
  • Cintos de segurança;
  • Calçados de segurança;
  • Equipamentos de proteção respiratória.

EPI é a sigla para Equipamento de Proteção Individual são dispositivos utilizados em diversos ambientes de trabalho, cuja finalidade é manter o indivíduo seguro e protegidoaos riscos que seu trabalho envolve

Qual a importância de EPI no ambiente de trabalho?

As normas de regulamentação é um conjunto de procedimentos que tem como foco oferecer a segurança do trabalho. Elas são obrigatórias e criadas pelo MTE.

O uso de equipamentos de proteção é determinado por uma norma técnica denominada NR 6, que determina que o EPI seja fornecido gratuitamente aos funcionários que exercem suas funções na empresa.

Mais do que apenas a segurança dos trabalhadores, o uso de EPI garante também que haja o correto andamento dos processos e projetos organizacionais, minimizando os riscos de processos judiciais ou multas para o bem-estar dos colaboradores.

Dentre as obrigações que o empregador deve cumprir, a principal é garantir que os trabalhadores seguirão as regras sobre o uso das proteções individuais.

É dever de toda empresa fornecer os EPIs em boas condições e de forma gratuita aos trabalhadores. A empresa também deve:

  • Fazer a higienização;
  • Avaliar os perigos que o local de trabalho oferece;
  • Fazer controle de EPI e sua manutenção;
  • Fazer o treinamento dos trabalhadores para o uso correto dos EPIs.

As empresas ainda devem garantir que o certificado do EPI esteja em dia, pois isso significa que o equipamento tem qualidade. Logo, qualquer equipamento só pode ser disponibilizado se o CA estiver correto.

Caso o empregador não cumpra com isso, pode sofrer punições que envolvem multas, embargos e paralisações das atividades.

Além disso, caso o trabalhador se acidente e essas regras não tiverem sido cumpridas, o empregador responderá segundo o código penal por infração, crime de doença ou lesão corporal.

Quais são os direitos que os trabalhadores possuem em relação ao uso de EPI?

Os trabalhadores também são parte fundamental para colaborar no uso dos EPIs. É dever do trabalhador fazer o uso do equipamento de forma correta, proteger e cuidar da conservação do equipamento, relatar algum problema que tenha notado, usar o EPI apenas no fim que o necessita.

 É importante que o trabalhador tenha consciência de que esse equipamento será fundamental para proteger sua integridade. Assim, lesões e acidentes podem ser evitados.

 

Tipos de EPI e suas funções

Cada um dos tipos de EPI possuem uma finalidade, tendo uns específicos de certos trabalhos e outro que podem ser utilizados em diferentes funções

Abaixo, separamos algumas das principais funções de alguns EPIs e no que eles protegem o trabalhador em seu dia a dia.

1. Auditivo

Dentro das indústrias, o ruído é muito alto e é considerado um risco ocupacional. Sendo assim, o uso de EPI auditivo acaba diminuindo a absorção dos decibéis pelo corpo. Os riscos de surdez parcial ou permanente então, são reduzidos.

2. Respiratório

Esse tipo de EPI é usado por quem executa atividades em ambientes que possuam gases ou partículas que sejam nocivas à respiração e ventilação inadequada.

 O equipamento de proteção individual respiratório é essencial em lugares que substâncias tóxicas estão presentes. Assim, tem como função proteger os trabalhadores de: poeira, vapor, pesticida, spray de tintas, substâncias perigosas que causam prejuízos permanentes.

3. Proteção de mãos e braços

Diversas atividades nas indústrias precisam das mãos de seus trabalhadores. Sendo assim, o uso do EPI que protege mãos e braços é fundamental para evitar infecções, câncer de pele, dermatite de contato, ferimentos, entre outros.

As luvas são os itens mais importantes aqui e seus materiais podem variar bastante, podendo ser de PVC, látex, nylon, nitrílicas, entre outros.

4. Pernas e pés

Assim como as mãos e braços, as pernas e pés também precisam ser protegidos. Para isso, usa-se EPIs como calças e botas para isolar o corpo e prevenir que lesões aconteçam.

Dessa forma, evita-se acidentes que envolvam deslizamentos, queimaduras e choques elétricos.

5. Cabeça

Os capacetes são vitais em locais como canteiro de obras ou locais que apresentam algum risco de queda de objetos. Os capacetes acabam atuando como escudos faciais e protetores auriculares..

6. Olhos e rosto

A proteção da face é uma das partes mais importantes de se cuidar. Por isso, o uso de óculos também se faz extremamente necessário para evitar com que partículas volantes entrem em contato.

Em trabalhos que envolvam metais e madeiras, seu uso é indispensável, assim como trabalhadores atuando em canteiros de obras também.

 

Conclusão

Por fim, agora que você já sabe melhor para que serve e qual a importância no uso de EPI, é interessante que você se mantenha atento às normas e a forma de uso das mesmas.

Se você atua em uma área onde equipamentos de proteção individual são necessários, então você não pode deixar de usá-los. Dessa forma, tanto acidentes menores como acidentes maiores que põem a vida do trabalhador em risco, são evitados.

Deixe aqui seu comentário sobre este assunto e compartilhe-o com mais pessoas que precisam saber mais sobre ele.

Leia também sobre: EPI hospitalar – os 6 equipamentos obrigatórios na saúde

Gostou? Compartilhe

Confira outros

Conheça os principais benefícios de ter um climatizador de ar!
Dicas

Conheça os principais benefícios de ter um climatizador de ar!

Você já pensou em ter um climatizador de ar na sua casa ou no seu escritório? É um aparelho que, como o próprio nome indica, climatiza o ambiente, ou seja, melhora a qualidade do ar, a temperatura e a umidade.   Diferente do ar-condicionado, que apenas resfria o ar, e do

Saiba mais »
Verão chegou! Como enfrentar o calor em casa? DESCUBRA!
Dicas

Verão chegou! Como enfrentar o calor em casa? DESCUBRA!

O verão é uma estação que muitas pessoas adoram, pois é sinônimo de sol, praia, piscina, férias e diversão. No entanto, o verão também pode ser um pesadelo para quem tem que enfrentar o calor excessivo dentro de casa, especialmente nos dias mais quentes e abafados.  O calor pode causar

Saiba mais »
Energia solar em apartamento
instalar energia solar

Energia Solar em Apartamento: Como funciona a instalação?

Você sabia que é possível ter energia solar em apartamento? Essa é uma forma de economizar na conta de luz, reduzir o impacto ambiental e valorizar o seu imóvel. Mas como funciona a instalação de energia solar em apartamento? Quais são os requisitos, os custos e os benefícios?  Neste artigo,

Saiba mais »