3 formas de evitar a poluição sonora em uma obra barulhenta

Evite poluição através de dicas valiosas nesse blog

Não tem jeito, toda obra é barulhenta, o que pode causar alguns incômodos para os moradores e também pode prejudicar a saúde dos funcionários. Por essa razão é tão importante saber como evitar essa poluição sonora.

Embora seja impossível que uma obra seja 100% silenciosa, é possível reduzir o seu barulho, sim! Continue lendo esse conteúdo para descobrir como.

Como diminuir o barulho da obra?

Seja pelo barulho da betoneira ou a martelada, uma obra pode ser bem barulhenta e os ruídos acabam incomodando quem mora por perto. Infelizmente, os barulhos são parte do processo e não há como livrar-se deles completamente.

A boa notícia é que, na maioria das vezes, eles podem ser minimizados, para isso é preciso seguir as dicas logo abaixo!

Controle o volume do barulho e a saúde do funcionário

Como dito acima, toda obra é barulhenta, principalmente quando é preciso que o funcionário use alguma máquina que faz muito ruído. Além do barulho alto, o tempo que ele fica próximo ouvindo pode acabar prejudicando sua audição.

Por esse motivo, o ideal é medir qual o nível de ruído de todas as máquinas e calcular se o tempo que ele trabalha ouvindo o barulho é razoável ou não. Por exemplo, uma máquina que tenha o nível de ruído de 110,6 decibéis, o máximo para uso diário é de 25 minutos.

Para evitar prejudicar a audição, o funcionário deverá usar os protetores de ouvido. Outra ideia é usar os materiais indicados para fazer isolamento acústico.

As espumas acústicas foram feitas para reduzir os ruídos. A lã de vidro e a lã de rocha também fornecem isolamento acústico e térmico, o que torna mais confortável tanto para os funcionários quanto para os moradores.

Saiba como amenizar o barulho durante a construção

Uma das máquinas que mais geram incômodo entre os vizinhos é a betoneira. Uma dica para reduzir esse barulho da obra, é posicioná-la em algum lugar que faça menos barulho.

Também é possível colocar uma borracha por dentro da máquina para reduzir o barulho. Já o bate-estacas também é outra máquina barulhenta usada em obras, para reduzir o ruído, uma opção é realizar a fundação usando outro sistema, que é a estaca escavada.

Esse é um método que leva um pouco mais de tempo, mas o processo garante a diminuição dos ruídos. Vale notar, porém, que esse método  gera muita lama, que deve ser retirada da obra por caminhões.

E sempre faça essas atividades durante o horário comercial!

Verifique as máquinas

Alguns tipos de barulho são inevitáveis durante uma obra, e outros podem ser evitados. Conforme o tipo de material, é possível comprar já cortado, como o aço, por exemplo.

Isso evita usar serras para cortar o material, além de evitar que haja desperdícios também. Outro modo de diminuir o barulho, é checando se todas as máquinas e ferramentas estão bem presas e reguladas.

Na maioria dos casos, o equipamento pode estar fazendo muito mais barulho do que o habitual por estar forçando o motor.

Veja também: Como organizar a casa? As 7 formas de aproveitar os espaços!

Que horas pode fazer barulho na obra?

Incomodando os vizinhas com o barulho da sua obra ? Veja aqui como evitar

Uma das principais dúvidas sobre a execução de uma obra é a respeito do horário. Afinal, até que horas pode fazer barulho e a partir de quando uma obra pode ser feita?

É preciso ter bom senso, é claro, além de respeitar a lei do silêncio, legislações municipais e até mesmo as regras locais, caso a obra seja feita dentro de um condomínio.

Em certas capitais, como São Paulo e Rio de Janeiro, a lei do silêncio entra em vigor a partir das 22h e vai até 7h ou 8h.

Durante esses horários, caso o barulho ultrapasse um limite de decibéis definido pelas legislações locais, os responsáveis pela obra estão sujeitos a uma multa, que varia com o município.

Vale notar, porém, que há vários mitos a respeito da lei do silêncio. O principal deles é de que você pode fazer quanto barulho quiser, desde que não ultrapasse o horário da lei do silêncio, no caso, 22h.

A verdade é que, todo tipo de ruído que perturbe a paz dos vizinhos, pode ser visto como contravenção, dependendo da lei municipal. Por isso é importante verificar qual o limite de decibéis do município.

Verifique os limites de decibéis determinado

Em alguns municípios, o limite máximo de tolerância para os ruídos é 70 decibéis. Esse limite varia muito e, em alguns casos, irá depender também do bairro onde a obra acontece.

No caso de São Paulo, os limites de barulho são determinados pela Lei de Zoneamento:

  • Em zonas residenciais, de 50 decibéis (ruído de uma conversa normal), entre às 7h e 22h, e de 45 decibéis, entre 22h e 7h;
  • Em zonas mistas, das 7h às 22 horas, o limite varia entre 55 e 65 decibéis, de acordo com a região. Das 22h às 7h, diminui e fica entre 45 e 55 decibéis;
  • Já em zonas industriais, entre 7h às 22h, não é permitido passar dos 70 decibéis, Após esse horário, o limite máximo é de 60 decibéis (barulho de escritório).

O ideal é que, antes das obras começarem, haja uma conversa entre todos os vizinhos para chegar a um acordo sobre o assunto!

Como fazer isolamento acústico na obra?

O isolamento acústico é útil para impedir que os ruídos atravessem entre as paredes, janelas e pisos. Dessa forma, é possível reduzir a poluição sonora e garantir um maior conforto para as pessoas.

Essa opção é crucial quando a obra é feita em apartamentos, escritórios, estúdios, condomínios e casas geminadas. Aliás, as obras mais novas já tem algumas normas que definem a obrigatoriedade de ter isolamento acústico.

Como dito acima, é possível usar materiais para o isolamento acústico, como as espumas acústicas. Além disso, também é importante contar com as máquinas ideais e os profissionais adequados para um melhor desempenho acústico em obra barulhenta.

Por fim, caso ainda tenha alguma dúvida sobre o assunto, não esqueça de deixar o seu comentário!

Gostou? Compartilhe

Confira outros

energia sustentável
Energia Sustentável

Energia sustentável: o que fazer antes de investir?

A energia sustentável está cada vez mais em evidência devido à necessidade de reduzir a dependência de combustíveis fósseis e minimizar os impactos ambientais. Trata-se de fontes de energia que não se esgotam, como a solar, eólica e hidrelétrica. Investir nesse tipo de energia traz benefícios ambientais e econômicos, mas

Saiba mais »
aumento na conta de energia
Energia Elétrica

Aumento na conta de energia: Confira o reajuste!

Se você já levou um susto ao abrir sua conta de energia, não está sozinho. O aumento na conta de energia elétrica tem sido um assunto recorrente, deixando muitos consumidores preocupados e em busca de soluções para equilibrar o orçamento doméstico.  Por isso, vamos juntos entender os motivos por trás

Saiba mais »
Demanda contratada
Dicas

Demanda Contratada: Tudo o que você precisa saber

No mundo da energia, a “Demanda Contratada” é uma expressão que pode parecer complexa à primeira vista, mas entender seu significado e importância é crucial para qualquer consumidor ou empresa. Por conta disto, vamos te explicar o que é a Demanda Contratada, por que é importante e como você pode

Saiba mais »