Como escolher um ventilador? A BA Elétrica pode te ajudar!

Em dias de altas temperaturas, como no verão, o ventilador torna-se um grande aliado para refrescar o ambiente

Em dias de altas temperaturas, como no verão, o ventilador torna-se um grande aliado para refrescar o ambiente. Porém, poucas pessoas sabem como escolher o modelo ideal para as suas necessidades!

Com isso em mente, elaboramos uma lista direta e prática de como escolher um ventilador ideal para dias quentes, que com certeza irá fazer diferença para você. Continue a leitura para descobrir!

Como escolher um ventilador adequado para minhas necessidades?

Nada melhor em dias quentes do que contar com o modelo adequado do ventilador para auxiliar nas tarefas diárias, manter o ambiente livre de mosquitos ou até mesmo garantir uma noite tranquila de sono.

Se a intenção é ficar em casa ou no escritório, escolher um ventilador adequado ao ambiente pode auxiliar a manter o ar fresco sem pesar a conta de energia elétrica.

Afinal, em comparação com um ar-condicionado, os ventiladores são bem mais econômicos!

Mas, para não errar na escolha do modelo, confira logo abaixo as nossas dicas!

Para comprar um ventilador voc}e precisa considerar seu tipo, quanto de consumo energético ele possui e muito mais

Tipos de ventiladores

Existem diferentes tipos de ventiladores, cada qual é mais adequado para um certo tipo de local. Por essa razão, quando for escolher o seu ventilador, fique de olho nas especificações e indicações do modelo.

Para tornar essa tarefa mais fácil, dê uma conferida nos principais modelos de ventiladores que você pode encontrar no mercado! 

1. Ventilador de teto

Um dos mais populares, como o próprio nome sugere, esse modelo fica preso no teto do cômodo.

Para quem dispõe de pouco espaço, essa pode ser uma ótima opção, já que ele não vai ocupar espaço no chão e ainda permite que você coloque uma lâmpada, servindo como lustre.

2. Ventilador de coluna 

Semelhante ao ventilador de mesa, a diferença é que este modelo conta com um apoio alto em que fica a sua base, permitindo que o aparelho circule mais para o alto.

Além disso, é possível ajustar a coluna desse modelo para que ele tenha uma cobertura maior ou menor, o que faz com que ele seja prático para usar em diferentes locais.

Uma ótima opção para ventilar ambientes com muitas pessoas. 

3. Ventilador de mesa

Outro modelo bem popular entre os consumidores. Apesar do nome, o ventilador de mesa também pode ser colocado diretamente no chão.

Bem versátil, é possível encontrar esse modelo com uma série de potência e velocidades de pás, além de ser mais silencioso. 

4. Torre de ventilação

Provavelmente este é o modelo mais moderno no mercado. Ao contrário das outras opções, o diferencial deste ventilador é que as pás não ficam visíveis, além do seu formato em torre, como diz o próprio nome.

Essa opção é ótima para colocar em cantos pequenos da casa ou para quem deseja um modelo mais discreto que combine com a decoração. À torre de ventilação também é mais silenciosa e conta com funções adicionais, tais como:

  • Umidificar;
  • Purificar;
  • Filtrar o ar.

5. Ventilador de parede

Assim como os ventiladores de teto, esse modelo é fixado em uma parede, sendo ideal para ambientes com muita movimentação ou que tenha muitos móveis e objetos.

É possível encontrar este modelo com diferentes tipos de potências e velocidades. 

Saiba como calcular a potência

A potência de um ventilador tende a variar de acordo com uma série de fatores, como o número de pás, sua inclinação e o número de torções por minuto (RPM) de que toda a unidade é capaz.

Quem prefere vento mais forte, o ideal é optar por modelos que atinjam um indicador de RPM maior.

Ao passo que, um ventilador funcionando mais rápido resulta em mais barulho. Aconselhamos os modelos com potência mais moderada se você ficar próximo a ele e exposto a uma forte corrente de ar. 

Um ventilador com vazão de ar entre m³/s e 1,7 m³/s é suficiente para espaços de até 10m², mas deve escolher modelos com vazão de ar pelo menos 2 m³/s para espaços maiores entre 25 m² e 35 m².

Veja o consumo de energia e eficiência energética

Antes de adquirir qualquer produto eletrônico ou eletrodoméstico, é importante consultar o selo de classificação energética. Ao comprar um ventilador, isso não seria diferente

Verificar o selo do Procel é um dos fatores cruciais para decidir se vai levar um ventilador de mesa, teto ou de coluna.

Se a classificação for A, isso quer dizer que o modelo é econômico e ajudará você a economizar mais na conta de energia em longo prazo.

Como dito anteriormente, a primeira informação que você precisa encontrar para determinar o consumo médio de energia (kWh) do ventilador é a sua potência.

De um modo geral, o manual do fabricante especifica a potência. O cálculo então será feito da seguinte forma:

Potência (W) x Nº de horas de uso por dia x Nº de dias utilizado ao mês / 1.000 = kWh.

O resultado final da conta será o kWh, que é o uso médio por mês do ventilador. Depois disso, basta multiplicar o número de kWh pela tarifa da concessionária de energia do seu estado.

Ventiladores com motores mais potentes ou que operam a uma taxa mais alta de rotações por minuto podem, na verdade, gastar mais energia.

Existem diferentes tipos de ventiladores, cada qual é mais adequado para um certo tipo de uso e ambiente

Veja as opções de velocidade

Os modelos de ventiladores mais básicos oferecem apenas uma opção de velocidade. Enquanto a grande maioria dos produtos vendidos no mercado tem, no mínimo, três velocidades – normal, média e alta.

Ainda existem modelos mais completos com cinco velocidades, o que pode deixar a experiência do usuário mais ampla.

Para quem deseja uma experiência mais personalizada, vale a pena ressaltar que alguns modelos de ventiladores vêm com controle remoto.

Dessa forma, você pode ligar, desligar ou mudar a velocidade do aparelho sem ter que levantar-se.

Material e garantia

Em relação ao material do aparelho, há ainda outra observação fundamental a ser feita para a escolha de um bom ventilador.

É fundamental escolher o tipo de material certo para cada ambiente, pois a durabilidade do produto é um fator a ser levado em conta antes de efetuar a compra. 

Por exemplo, escolha um modelo feito de plástico ou madeira se pretende instalar um ventilador em uma residência perto de uma praia, porque os de metal tendem a oxidar devido à maresia.

Sobre a garantia, não existe uma regra absoluta, mas se um fabricante der menos de um ano de garantia, é bom desconfiar da qualidade do produto.

É importante lembrar que nós da BA Elétrica possuímos  uma variedade com mais de 30 mil itens, entre em contato com o nosso setor de vendas clicando aqui e solicite um orçamento! 

Gostou do conteúdo? Aproveite para compartilhar com os seus amigos que também estão em busca de um ventilador!

Gostou? Compartilhe

Confira outros

aumento na conta de energia
Energia Elétrica

Aumento na conta de energia: Confira o reajuste!

Se você já levou um susto ao abrir sua conta de energia, não está sozinho. O aumento na conta de energia elétrica tem sido um assunto recorrente, deixando muitos consumidores preocupados e em busca de soluções para equilibrar o orçamento doméstico.  Por isso, vamos juntos entender os motivos por trás

Saiba mais »
Demanda contratada
Dicas

Demanda Contratada: Tudo o que você precisa saber

No mundo da energia, a “Demanda Contratada” é uma expressão que pode parecer complexa à primeira vista, mas entender seu significado e importância é crucial para qualquer consumidor ou empresa. Por conta disto, vamos te explicar o que é a Demanda Contratada, por que é importante e como você pode

Saiba mais »
Lustres para Cozinha
Dicas

Lustres para Cozinha: Qual deles combina mais com você?

Se você está buscando uma maneira de adicionar elegância e estilo, investir em um lustres para cozinha pode ser a solução perfeita. Os lustres não só fornecem iluminação adequada para suas atividades culinárias, mas também adicionam um toque de sofisticação ao ambiente. Venha conosco explorar diferentes tipos de lustres para

Saiba mais »