You are currently viewing Ar condicionado: Quando realizar a manutenção?

Ar condicionado: Quando realizar a manutenção?

Garantir que o ar condicionado funcione bem é uma das partes mais importantes ao adquirir esse produto. Afinal, se ele não funciona direito acaba gerando uma série de problemas.

A manutenção periódica garante que o ar cumpra sua função de gelar e refrescar o ambiente sem que a saúde de quem o utiliza fique prejudicada. Assim como os ventiladores devem passar por uma limpeza para retirar o acúmulo de poeira, com o ar é a mesma coisa.

Se você tem dúvidas sobre como fazer isso e o que é necessário para fazer essa manutenção, continue lendo este conteúdo.

 

Qual o período de manutenção do ar condicionado?

O ar condicionado é um aparelho responsável não só por climatizar, como também filtrar o ar para que possa reter as impurezas e germes no filtro. Por essa razão, é fundamental que de tempos em tempos ocorra uma manutenção para que se possa retirar essas impurezas acumuladas.

Assim, o usuário, principalmente os alérgicos, não sofrem com problemas de saúde respiratórios. Além disso, a limpeza contribui não só para um ambiente mais limpo, mas para que o aparelho tenha um melhor desempenho e possa funcionar melhor.

Isso porque quanto mais sujeira acumulada, mais pesado vai ficando o funcionamento da filtragem, tendo que trabalhar o dobro para dar conta de resfriar o ambiente, fazendo também que o gasto de energia acabe sendo maior.

A manutenção preventiva pode ser feita a cada 15 dias ou 1 vez por mês, esse é o tempo suficiente para que a sujeira não se acumule, causando liberação de impurezas no ar e mau funcionamento do aparelho.

A escolha entre 15 ou 30 dias vai depender se o ambiente recebe muita poeira ou muito fluxo de pessoas.

Qual o período de manutenção do ar condicionado

Como saber se o ar condicionado precisa de limpeza?

Se você nunca limpou seu aparelho de ar condicionado, então provavelmente você pode se questionar como saber a hora certa de limpar. Por isso, é preciso que se fique atento a alguns pontos importantes, como por exemplo:

  • Demora para refrigeração;
  • Barulhos ao ligar o aparelho;
  • Maior incidência de espirros e alergias;
  • Ar não muito gelado;
  • Liberação de odores quando ligado;
  • Gotejamento de água.

Se você identificar alguma dessas características, vale a pena retirar o filtro e dar uma olhada para saber se ele tem muita sujeira acumulada. Para fazer essa limpeza é simples.

Você precisa desligar o aparelho da tomada, retirar o painel frontal, passar um pano úmido com água, tirar o filtro e o lavar em água morna e detergente neutro. Feito isso, deixe o filtro secar e depois coloque-o de volta.

Se notar ainda alguma dessas características de mau funcionamento, é necessário chamar uma limpeza profissional. A manutenção profissional irá desmontar todo o seu aparelho para que ele possa verificar as peças e fazer uma limpeza completa dele por dentro.

Assim, você pode saber se o problema é a realização de uma faxina total ou a substituição de alguma peça que possa estar funcionando mal.

Como saber se o gás do ar condicionado está baixo?

Se o seu ar condicionado está emitindo alguns sons, como se fossem assobios, isso é sinal de que pode haver alguma rachadura na tubulação. Essa tubulação é a responsável por cobrir o gás que percorre o sistema de climatização. Quanto maior for o barulho, maior será o dano.

O gás do ar condicionado é uma das principais coisas que fazem com que o aparelho funcione. Então, quando ele está acabando ou acabou, provavelmente o seu ar condicionado irá parar de funcionar ou então ele ligará mas sem gelar.

Além disso, você vai perceber que ao ligá-lo, ele consome exageradamente a energia da casa, além de soltar um cheiro bem desagradável, junto de goteiras. O gás acaba quando há falhas no aparelho por conta de uma instalação mal feita ou por falha de manutenção.

Alguns problemas encontrados no ar podem ser resolvidos a partir do momento que você saiba como resetá-los isto é, saiba como reiniciá-lo como se ele viesse da fábrica. Isso serve principalmente para os modelos que possuem função digital.

Como dar reset no ar condicionado?

Para você resetar o ar, procure pela tecla “reset”. Se não houver essa opção, é interessante olhar no manual para saber qual combinação de botões faz com que o reset funcione.

Afinal, nenhum aparelho é igual ao outro. Ao realizar esta ação, o ar voltará às suas configurações iniciais, apagando qualquer coisa que o usuário tenha feito até então.

Logo, se algum comando estivesse impedindo com que o funcionamento do ar acontecesse, ele seria apagado e o usuário poderia descobrir se isso era o que estava impedindo o ar de funcionar normalmente.

Mas, independentemente dessa questão, a limpeza sempre deve ser o primeiro ponto a ser inspecionado quando o assunto for manutenção do ar. Além disso, em ambientes corporativos onde o ar central é o que faz com que os ambientes sejam refrescados, a manutenção deve acontecer por meio de uma empresa especializada.

Assim, ela acontece de forma devida e eficiente, sem pôr o aparelho em risco por conta da falta de conhecimento técnico na realização da manutenção. Agora que você já sabe o que é preciso e quando é necessário fazer a manutenção do aparelho, já pode ficar atento aos sinais.

Ou melhor, não espere por isso e dê uma olhada agora mesmo em seu filtro para saber se ele precisa de uma limpeza. Assim, você pode melhorar a vida útil do aparelho e ainda melhorar a qualidade do ambiente em que ele está instalado.

 

Conclusão

Como saber se o ar condicionado precisa de limpezaPor fim, vimos aqui a importância que a manutenção do ar condicionado possui para melhorar sua usabilidade e também o conforto de quem o usa. Afinal, o ar é importante para refrigerar o ambiente nos dias mais quentes.

Se ele não funciona direito e ainda libera sujeiras no ar prejudicando a respiração e a qualidade de vida de quem o possui, de nada adianta tê-lo. Por isso, opte sempre pela prevenção e não espere seu aparelho apresentar sinais ruins para que você possa correr atrás de como resolver isso.

Se este conteúdo foi útil, comente aqui embaixo e compartilhe-o com mais pessoas.

 

Leia também:

Tendências 2022: 5 acessórios para casa, quarto e banheiro!

Gadgets: 6 utensílios domésticos que você NÃO PODE viver sem!

Deixe um comentário